DEUS A RESGATOU DAS GARRAS DA MORTE!

E, saindo ele do barco,lhe saiu logo ao seu encontro,dos sepulcros,um homem com espírito imundo,o qual tinha a sua morada nos sepulcros, e nem ainda com cadeias o podia alguém prender. Marcos 5.2
Há 21 anos atrás para 22,vivia minha querida amiga Ivaniza.Perambulando em meio à túmulos e jazigos,dentro de um cemitério da cidade.Ali ficava,por várias horas,sentada ,nos túmulos,conversando com os mortos. Seria normal ,ela ir ao cemitério fazer uma visita a um ente querido seu,mas,não era este o seu caso não tinha nenhum ente querido ali sepultado.Passava muitas horas ali,se sentia bem naquele lugar.Andava em meio aos túmulos,muitas vezes se perguntava: Será que estou ficando louca?Mas para ela tudo aquilo era normal,chegava ir no cemitério todos os dias.A opressão aumentava cada vês mais ,para ela ali era o melhor lugar .Em meio aos túmulos sempre perguntava:Como era essa pessoa ?Do que será que morreu? A morbidez chamava-lhe muita atenção.Levava flores,rosas,dos túmulos para casa,ouvia vozes a lhe chamar,tudo que era sobre natural a atraia.Procurou muitos lugares,tentando achar uma saída para seu imenso vazio.O casamento,os filhos,nada preenchia o vazio.Foi ao espiritismo,centros de macumba e eles diziam que ela tinha uma médium e precisava desenvolver isso na vida dela. Mas a tristeza continuava e a Ivaniza não encontrava sentido para viver.O inimigo começou a trabalhar com mais força em sua mente,falando com ela,mostrando como ela poderia destruir sua vida.Em sua mente ele colocou muitas idéias perversas,falava para ela se jogar na frente de um carro,tomar muitos remédios,ela chegou até a planejar a se enforcar,abrir o gás e morrer asfixiada. A opressão era terrível,o que se passava em sua mente era tremendamente perturbador.No mês de Setembro,veio com toda a força sobre ela ,não pensou em seus filhos,pegou uma garrafa de álcool e derramou sobre si,colocando fogo. Se transformou em uma grande tocha de fogo humana.Seu esposo tentou lhe socorrer,quando puxou a sua roupa,a pele saiu junto,gritando muito correu para o chuveiro,tentando apagar o fogo.Foi grande o desespero dela.Foi levada ao hospital São Vicente de Paula em Passo Fundo,onde ficou entre a vida e a morte;esperando um leito no setor de queimados em Porto Alegre. Foi levada para Porto Alegre,ficando quase um mês no HPS e mais dois meses no Cristo Redentor com 40% do seu corpo queimado.Sofria dores terríveis,ela pagou um preço muito caro,por não ter dado valor à sua vida.O inimigo fez com que ela tomasse essa atitude ,porque ele sabia ,que se ela tirasse sua própria vida estaria condenada à morte eterna. Em coma ,se alimentava por sonda e através do soro,com sonda no intestino e na bexiga.Ficou viciada em morfina,davam à ela uma anestesia ,para poderem lhe dar banho.A sua pele estava com mal xero ,como se estivesse em de composição.Agonizava no hospital.Em um momento ela teve um sonho a onde se via sendo velada em um caixão,se acordou gritando,e falando:Deus eu nunca acreditei na sua existência,mas se você existe me tira daqui,quero criar meus filhos. Ela começou a melhorar,o Senhor Jesus ouviu o seu clamor na hora do desespero e angustia.Nos pés de sua cama havia um salmo que dizia:

O Senhor é o meu pastor; nada me faltará...
Deitar-me faz em verdes pastos,guia-me mansamente a águas tranqüilas. Refrigera a minha alma,guia-me pelas veredas da justiça por amor do seu nome.Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum,porque tu estás comigo,a tua vara e o teu cajado me consolam.Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos,unges a minha cabeça com óleo,o meu cálice transborda. Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida;e habitarei na casa do Senhor por longos dias.Salmos 23.
Ela recitava esse salmo todos os dias,como uma oração.Deus ouviu o seu clamor ,tirou ela daquele leito de morte.O Senhor é o que tira a vida e a dá; faz descer à sepultura e faz tornar a subir dela.1Samuel 2.6. Deus confirmou com ela essa palavra;estabeleceu um pacto de salvação para a sua vida,deu a ela uma segunda chance,de ter uma vida totalmente feliz ,junto com sua família;a oportunidade de ser uma serva fiel,de começar tudo de novo.Hoje ela tem mais filhos ,netos e vida com abundância,não tem mais desejo de morrer,mas sim só de viver ,para adorar a Deus e resgatar almas para Cristo. Faz parte do Exército de Débora,juntamente com sua filha Joaniza que toca taróla e sua pequenina filha Eyshila que é uma benção.A Ivaniza é uma mulher com as marcas de Cristo em sua vida ,tenho orgulho de ser sua comandante no Exército de Débora ,vejo o esforço que ela faz para estar sempre conosco,nos trabalhos .Deus deu vida e vida com abundância à ela.

Comentários